Pages

Piano


Estava sentada ao seu lado,
Correndo os olhos pelo teclado.
Seguindo os dedos habilidosos
E os olhos majestosos,
Que se perdiam na partitura.
Um mar de notas,
Ou de rosas
Formavam a dramática melodia,
Que se transformava em alegria,
Vinda daquele piano.
E então ele me observaria, me beijaria
E diria:
Nossa música. Nossa história. Nossas vidas.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008 às 09:35

1 Comment to "Piano"

Arrepiou!!!